Redução do dorso nasal

Há uma série de variações do dorso nasal que podem ensejar uma cirurgia plástica no nariz. No caso da rinoplastia de redução, as situações mais comuns são: dorso muito alto; muito largo; ou com giba óssea proeminente.

 

Avaliação estética

 

A avaliação da altura do dorso deve ser pautada nas características femininas e masculinas padrões, caso assim deseje o paciente. Para calcular quantos milímetros serão rebaixados, o ideal é se fazer uma linha reta imaginária do início até a ponta nasal.

 

O nariz feminino considerado perfeito possui um dorso com aproximadamente 2 milímetros de distância da linha, chegando a ser quase paralelo.

 

Já os homens que querem manter o aspecto masculino do nariz não devem rebaixar muito o dorso, devendo este se posicionar na exata altura da linha ou com uma distância mínima.

 

É preciso quebrar o nariz?

 

Muitas vezes, para rebaixar o dorso nasal, é necessário provocar a fratura do mesmo, a chamada osteotomia.

 

Dorso alto e ponta pequena

 

Caso o dorso seja alto, mas o nariz seja pequeno, ao invés de rebaixar o dorso, o médico deverá projetar a ponta, realizando, se for preciso, enxertos de cartilagem.

 

Dorso do nariz muito largo

 

A rinoplastia para afilar o dorso é realizada através da raspagem de seus ossos.

 

Giba dorsal (“caroço”)

 

Já a giba dorsal, característica presente em narizes caucasianos e hispânicos, pode ter origem tanto no osso, quanto na cartilagem do nariz. A correção deste problema é simples, basta remover o excesso ósseo ou cartilaginoso que forma a região protuberante.

 

Fonte: RInoplastia Online

 

 

 

 

Please reload

Av. Mato Grosso, 2400 -  Jardim dos Estados - Campo Grande, MS

67  3327 0232  |  99232 6909